Vecci: “É preciso substituir a improvisação e o amadorismo por planejamento”

Pré-candidato à Prefeitura de Goiânia participou na manhã desta quinta-feira do 6º Fórum Goiânia 2020 – A Cidade que Queremos

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Ao abordar na manhã desta quinta-feira (10/3) a “Goiânia que Queremos”, durante o 6º Fórum Goiânia 2020 – A Cidade que Queremos, o pré-candidato à prefeitura da capital e deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB), afirmou que é preciso substituir a improvisação e o amadorismo por uma gestão planejada.

“Por isso a descrença e o ceticismo da população. É necessário colocar o planejamento a curto, médio e longo prazo como prioridade e com a definição de recursos”, salientou.

Para Vecci, a Goiânia que a população almeja pressupõe ainda o aprofundamento de outros pontos, como a descentralização dos serviços públicos a partir da criação de subprefeituras, a gestão compartilhada, que possibilitaria o envolvimento dos cidadãos com o planejamento das ações do governo, e também o fortalecimento da economia criativa.

“Vivemos na cidade, mas moramos no bairro. E é no bairro que devemos andar, ouvir as pessoas, traçar as soluções para os problemas do dia a dia”, discorreu. O tucano também pontuou a necessidade de planejar uma gestão presente, e não omissa.

O evento, ocorrido no Cinema Lumière do Shopping Bougainville, reuniu ainda o debate com o vice-governador e secretário de Segurança Pública, José Eliton, o Superintendente do Sebrae-GO, Igor Montenegro, o presidente da OAB-GO, Lúcio Flávio de Paiva, e o presidente da Ademi-GO e do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia (Codese), Renato Correa.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.