Vecci diz que não vai adotar discurso de demagogia e populismo na eleição

Pré-candidato tucano a prefeito de Goiânia, o deputado federal afirmou em evento do partido no Jardim Novo Mundo que não pretende mentir para ninguém com promessas mirabolantes

Pré-candidato do PSDB em Goiânia, Giuseppe Vecci disse que prefere ouvir o que a população tem a dizer | Foto: Vecci Comunicação

Pré-candidato do PSDB em Goiânia, Giuseppe Vecci disse que prefere ouvir o que a população tem a dizer | Foto: Vecci Comunicação

“Não vou ofertar demagogia e populismo.” A frase do pré-candidato do PSDB a prefeito de Goiânia, o deputado federal Giuseppe Vecci, foi dita na tarde de sábado (4/6) durante evento tucano no Jardim Novo Mundo, na capital. O peessedebista disse que não é obrigado a dizer aquilo que o eleitor quer ouvir só para agradar quem pode ou não votar nele.

“Às vezes as pessoas me falam que eu tenho que dizer o que o eleitor quer ouvir. Prometer e resolver as coisas rápido. Mas acredito que nós não temos que mentir para ninguém. Não serei eu que ofertarei demagogia e populismo ao eleitor.”

De acordo com Vecci, há 16 anos as seguidas administrações do PMDB e PT têm destruído a forma “zelosa e cuidadosa” de gerir a cidade que o ex-prefeito Nion Albernaz (PSDB) tinha implantado em Goiânia. “Cada vez mais vemos a cidade perder a qualidade de vida, padecer de serviços públicos. Isso precisa mudar. Temos que mudar a forma de gestão, substituir o amadorismo e a improvisação por planejamento”, disse ao público.

Para o pré-candidato tucano, é “feudal” dividir pastas e agências da prefeitura em uma espécie de partilha que pertence a determinados partidos. “As pessoas não se integram na prestação de serviço. E é daí que vem todo o ceticismo da população, porque se gasta muito e não dão conta de devolver com qualidade o serviço ao povo.”

Vecci afirmou que esse é o motivo de não fazer promessas milagrosas em sua pré-campanha, que para ele não passam de “conversa fiada”.

No mesmo evento, o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Anselmo Pereira (PSDB), disse qual é o perfil que o goianiense espera nas eleições, na visão dele. “O goianiense não quer um político essencialmente político. Ele quer um gestor, um gerente.” Esse tipo gestor Anselmo afirmou identificar em Vecci.

“Temos aqui um homem público excelente, que tem experiência em gerência, em movimento e criação de belos programas. Já sabemos a diferença de Vecci em relação aos populistas: ele vai chegar e dizer que tem ações para cada área, sem promessas megalomaníacas, mas com projetos que irão minimizar os problemas de Goiânia”, defendeu o presidente da Câmara.

Outro que elogiou a figura política do pré-candidato tucano foi o presidente metropolitano do PSDB Rafael Lousa. “Goiânia precisa de gestão, precisa exatamente de um candidato como você, que faz acontecer. Vecci já mostrou que sabe fazer no governo do Estado e isso se efetivará na Prefeitura de Goiânia”, afirmou.

Os discursos de sábado de Vecci, Lousa e Anselmo foram feitos durante o Fala Goiânia, realizado pelo PSDB no Jardim Novo Mundo com a participação de moradores da Região Leste da capital. A ideia do partido é ouvir a população, e não falar. “Invertemos esse processo chamando as lideranças comunitárias, as associações, os moradores para vir aqui dar opiniões e sugestões”, disse Anselmo.

Para Vecci, o momento é de saber o que a população tem a dizer aos pré-candidatos. “É importante ouvirmos a população, saber o que ela pensa. Daqui sairemos com as peculiaridades da região para formatarmos um projeto de governo perceptível para a população.”

De acordo com o presidente metropolitano do PSDB, é fundamental para Vecci que ele ouça a população para fortalecer a sua pré-campanha em eventos como esse, além do fato de o Jardim Novo Mundo ser um bairro tradicional, histórico. “Goiânia é uma cidade grande que possui suas especificidades”, observou Lousa.

Planejamento por regiões

Paulo de Jesus, ex-presidente estadual tucano, afirmou que para se ter um governo planejado e um projeto para administrar a cidade é preciso ouvir a população, que tem em Goiânia, na visão dele, dez cidades distribuídas em várias regiões que formam o município. “É fundamental que a capital seja trabalhada por localidade.”

No evento, os moradores escolheram dois eixos do plano de Vecci para fazer sugestões que venham seguidas de propostas de soluções. Os temas apresentados pelo partido foram Cidade Mais Segura (segurança pública), Viva Melhor (saúde), Cidadania (promoção social, meio ambiente, saneamento, habitação), Educação Inclusiva (educação, esporte e lazer, cultura), Transporte de Qualidade (transporte coletivo), Cidade Acessível (trânsito, mobilidade urbana), Gestão Competente (administração pública, transparência, planejamento urbano), Oportunidade para Todos (emprego e renda, inovação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.