Vazamento de amônia causa intoxicação em dezenas de funcionários da JBS em Senador Canedo

Cano externo da empresa teria rompido e substância entrado pelas janelas da unidade. Este é o terceiro acidente do tipo registrado na multinacional nos últimos 30 dias

Mais de 40 funcionários de um frigorífico da JBS, localizado no município de Senador Canedo, em Goiás, foram intoxicados pelo vazamento de amônia na manhã desta terça-feira (20/9). Conforme autoridades, um cano externo da empresa teria sido rompido e a substância entrado pelas janelas da unidade, afetando os trabalhadores.

Por precaução, todos os departamentos próximos à área do vazamento foram imediadamente evacuados. Alguns colaboradores foram atendidos no ambulatório da companhia e, posteriormente, encaminhados ao hospital local.

Este é o terceiro vazamento registrado em frigoríficos da JBS nos últimos 30 dias. No dia 31 de agosto, um episódio semelhante foi relatado em uma unidade da multinacional em Campo Grande (MS). Na mesma semana, a unidade do Minerva, em Barretos (SP), registrou um vazamento de amônia que deixou um morto e 30 feridos.

A amônia é utilizada em sistemas de refrigeração pelos frigoríficos. É um gás tóxico e pode levar à morte quem o inala.

Em nota encaminhada ao Jornal Opção, a JBS afirma que o vazamento foi rapidamente controlado e que já apura as causas do ocorrido. “As operações estão temporariamente suspensas até que o local seja liberado pelo órgão competente”, informa a empresa, na nota. Confira na íntegra:

A JBS esclarece que na manhã de hoje (20) houve um vazamento de amônia em sua unidade de Senador Canedo (GO), que foi rapidamente controlado. Por precaução, os departamentos próximos à área de vazamento foram imediatamente evacuados. Alguns colaboradores foram atendidos no ambulatório da companhia e, posteriormente, encaminhados ao hospital local. A JBS informa ainda que as causas do ocorrido estão sendo apuradas pela empresa. As operações estão temporariamente suspensas até que o local seja liberado pelo órgão competente.

Diretoria de Comunicação Corporativa da JBS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.