Vanuza Valadares lidera disputa em Porangatu, aponta pesquisa

No quesito rejeição Pedro Fernandes lidera com 34,0%. Ele é seguido de José Uilton (15,6%), Márcio Luís (12,0%) e Vanuza Valadares (10,9%)

Candidata do Podemos, Vanuza Valadares, lidera intenções de voto em Porangatu / Foto: Reprodução

Um levantamento realizado no município de Porangatu, entre os dias 6 e 7 de novembro, revelou as intenções de voto dos eleitores do município para as eleições 2020. Para traçar as estimativas, os pesquisadores da Signates Consultoria, Pesquisa E Editoração LTDA consultaram 417 pessoas. O nível de confiança dos resultados obtidos é de 90% com margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Na pesquisa de intenção de voto estimulada – ou seja, quando são apresentados os nomes dos candidatos aos entrevistados -, Vanuza Valadares (Podemos) lidera com 43,6%. Na sequência aparece Pedro Fernandes (PP) com 17,1%. Ele é seguido pelo emedebista Márcio Luís (11,8%) e por último aparece o petista José Uilton com 0,4%. 8,4% dos entrevistados consideram a possibilidade de anular o voto e 18,7% não quiseram ou souberam responder ao questionamento.

Na pesquisa espontânea, onde nenhum nome é citado e o entrevistado deve apontar em quem votaria, Vanuza Valadares ainda lidera (32,9%). Na sequência está Pedro Fernandes (16,9%), Márcio Luís (7,8%), José Uilton (0,4%) e, por fim, Deman e Cleocir, ambos com 0,2%. 9,8% dos entrevistados disseram que anulariam o voto e 31,8% não quiseram ou souberam responder ao questionamento.

No quesito rejeição Pedro Fernandes lidera com 34,0%. Ele é seguido de José Uilton que registra 15,6%. Depois aparece Márcio Luís com 12,0% e, por fim, Vanuza Valadares com 10,9%. 9,8% dos entrevistados rejeitaram todos os candidatos e 14,4% não quiseram ou souberam responder ao questionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.