Vanderlan ganha 336 direitos de resposta por ofensas de Iris

Em texto, candidato do PSB afirma que Iris está tentando iludir o eleitor, veiculando falsas notícias e propaganda enganosa

Três rádios do Grupo Jaime Câmara, CBN, Daqui e Executiva, começaram no final da tarde de domingo e seguem até terça-feira (18) veiculando na propaganda eleitoral gratuita destinada a Iris Rezende 336 direitos de resposta do candidato Vanderlan Cardoso (PSB).

A medida foi determinada pela juíza Rozana Camapum, da 146ª Zona Eleitoral, que acolheu representação da coligação Uma Nova Goiânia e condenou Iris por ofensas proferidas contra o adversário na propaganda eleitoral gratuita.

A juíza considerou inverídicas e ofensivas, em desrespeito da Lei Eleitoral, as acusações de Iris de que Vanderlan criaria mil cargos comissionados para o governador Marconi Perillo (PSDB).

No texto do direito de resposta, Vanderlan afirma que “Iris está tentando iludir o eleitor, veiculando falsas notícias e propaganda enganosa”. “Vanderlan não participa e não pratica a velha política e vai administrar Goiânia de forma inovadora, transparente e com gestão voltada para as pessoas”, acrescenta o candidato pessebista.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.