Vanderlan e Maguito disputam apoio do segmento evangélico “voto a voto”

Levantamento do Jornal Opção mostra como se posicionam as lideranças religiosas da capital

Foto: Reprodução/Propaganda eleitoral obrigatória

*Por Eduardo Pinheiro e Lívia Barbosa

Com o aumento da parcela da população brasileira que se declara evangélica — estudo do demógrafo José Eustáquio Alves aponta que o número absoluto de evangélicos pode se igualar ao de católicos a partir de 2032 — a busca pelo voto evangélico é cada vez maior.

Essa realidade tem impactado diretamente no cenário eleitoral, já que o segmento pode definir o rumo da política nos municípios, estados e país. Um exemplo é a eleição de Jair Bolsonaro (sem partido) que contou com o apoio maciço do nicho evangélico.

Em Goiânia, a busca pelo voto evangélico foi intensa e o resultado é que o segmento está dividido, com uma ligeira vantagem para Vanderlan Cardoso que é evangélico e bolsonarista. No entanto, Maguito conseguiu aumentar sua base de apoio entre os evangélicos com a atuação de seu vice, Rogério Cruz (Republicanos), que é pastor da Igreja Universal, e pela articulação do deputado Federal João Campos.

O Jornal Opção conversou com dezenas de lideranças religiosas e levantou como as principais igrejas, pastores e lideranças tem se posicionado até agora. 

O presidente da Assembleia de Deus Ministério Vila Nova, Pr. Josué Gouveia, pai do deputado Rafael Gouveia, afirmou que está com Vanderlan Cardoso. “O Vanderlan Cardoso é uma pessoa que a gente conhece sua trajetória política, o acompanhamos quando foi prefeito de Senador Canedo, sabemos dos seus ideais. E ele tem um projeto moderno para a cidade. Isso tirando o fato de ele ser evangélico, que conta muito para mim. Ele sabe o trabalho social que a igreja faz”, disse, ao acrescentar que Vanderlan defende os princípios e valores da família.

“Não vou deixar de apoiar uma pessoa que é do nosso segmento, da nossa igreja, que defende os nossos projetos e que tem as nossas ideias para apoiar uma pessoa que não é do nosso segmento. É lógico que se o Vanderlan não tivesse um grande projeto, isso pesaria, mas eu acho que ele reúne as duas coisas”, pontua o pastor.

Pr. Josué Gouveia apoia Vanderlan Cardoso | Foto: Reprodução

O líder religioso defende as propostas do candidato para a área social, transporte urbano, desenvolvimento das indústrias e saúde. “Eu acho que Goiânia vai perder muito se não eleger o Vanderlan. E outra situação, a gente não sabe o que pode acontecer, estamos orando pelo Maguito, mas ele vai recuperar? O vice dele não tem capacidade nenhuma para gerir uma capital, tudo isso pesa”, pondera.

Para o presidente do PSC, Eurípedes José do Carmo, embora a igreja e partido tenham independência, no caso da eleição de Goiânia há uma sintonia em torno do apoio a Vanderlan. Ele participa ativamente das movimentações do partido.

O bispo Oídes José do Carmo, da Assembleia de Deus de Campinas, aponta que a congregação apoia Vanderlan pela capacidade de gestão e atuação já mostrada no poder público, além de ser uma pessoa honesta. “Defende os valores específicos que nós defendemos também”, diz.

Pastor Oídes está com Vanderlan| Foto: Reprodução

O pastor Danilo Cassimiro, da Igreja Batista do Jardim Guanabara, diz que não há posicionamento oficial da congregação para o 2º turno da eleição de Goiânia. No entanto, aponta que a maioria das lideranças caminham com Maguito Vilela (MDB). “É um voto mais pragmático, não tem a ver com o vice-prefeito, que não conhecemos, mas com a gestão que fez em Aparecida de Goiânia e com os valores”, avalia.

O presidente da Assembleia de Deus Ministério Mover do Espírito, pastor André Custódio Moreira Júnior, também ligado a Convenção das Assembleias de Deus do Estado de Goiás (Cadesgo), declarou apoio ao candidato do MDB. O pastor Túlio Dias, por sua vez, relembrou a vida pública de Maguito para reforçar a experiência do candidato. “Sempre percebi Maguito como um homem equilibrado, que pondera, que agrega, por isso ele é o melhor nome para a nossa cidade”, enfatizou.

O pastor Gilmar Santos, presidente da Assembleia de Deus de Goiânia Ministério Cristo para Todos e da Convenção Nacional de Igrejas e Ministros das Assembleias de Deus no Brasil Cristo Para Todos (Conimadb) também se posicionou a favor de Maguito.

Pastor Gilmar Santos apoia Maguito Vilela | Foto: Reprodução

O Apóstolo Sinomar Silveira, presidente do Ministério Luz para os Povos, apoia Vanderlan Cardoso. Esse também é o posicionamento do Pr. Josafá Barbalho, da Igreja Batista da Graça.  Ao justificar o apoio, Barbalho afirma que Vanderlan tem os três Cs: caráter, competência e compromisso com a coisa pública. “Ele está muito bem no Senado, mas quer trabalhar no Executivo para fazer Goiânia melhorar”, pontuou. 

O Pr. Salmo Diomar, presidente da Catedral da Família, falou ao Jornal Opção que é natural que as igrejas caminhem com um candidato, e declarou apoio a Vanderlan Cardoso. O Pr. João Pereira Da Silva , presidente da Igreja Evangélica Assembleia De Deus – Missão, destacou que apoia Vanderlan 

O Pr. João Pereira Da Silva , presidente da Igreja Evangélica Assembleia De Deus – Missão – está com o candidato do PSD. “Estamos apoiando o Vanderlan. Tudo nos mostra que ele é  o melhor para Goiânia. Gestor aprovado, família sólida”, destacou o Pr. João Pereira, ao frisar que o candidato é honesto, tem vontade, fé e saúde. “Tudo o que Goiânia precisa”, arrematou.

O Pr. Verlaini da Igreja de Cristo  também apoia Vanderlan: “é um homem sério, de caráter e sem envolvimento em falcatruas . O outro motivo é que ele é um irmão de fé”. 

Pastor da Assembleia de Deus, Abinair Vargas, afirma que não há direcionamento formal nestas eleições | Foto: Reprodução

O pastor da Assembleia de Deus, Abinair Vargas, afirma que não há um direcionamento formal da igreja para um candidato. Mas salienta que é “natural” que os fiéis apoiem Vanderlan, pois o senador é evangélico e coaduna com pautas cristãs, sendo contra a “ideologia de gênero” e o aborto. Embora reconheça que há vários segmentos que apoiem Maguito, já que o vice também vem do seio da igreja protestante.

O pastor João Queiroz, da Igreja Batista Renascer, diz apoiar Maguito por compreender a importância de escolher “um administrador decente e experiente” para fazer a diferença na cidade. Já o pastor Gentil Oliveira da Assembleia de Deus Bethel, afirma que vê no emedebista uma pessoa atenciosa, apta a ouvir e capacitada para administrar.

A Igreja Videira optou pela neutralidade no pleito. “Não estamos apoiando nenhum candidato, oramos por todos”, afirmou o Pr. Naor Pedroza. Esse também parece ser o posicionamento da A Casa, que a reportagem tentou contato sem sucesso.

Bispo Fábio Sousa declarou apoio a Maguito| Foto: Divulgação

O ex-deputado estadual Fábio Sousa, da Igreja Fonte da Vida, declarou apoio ao emedebista. “Meu apoio pessoal, na condição de ex-deputado federal, ex-deputado estadual e vereador. O faço a pedido do meu amigo Gustavo Mendanha”, declarou, ao reconhecer que seu posicionamento, evidentemente, tem influência no segmento. O bispo da Igreja de Cristo, Ulysses Oliveira e Romeu Ivo, líder do Ministério Esperança, também apoiam Vilela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.