“Vamos ampliar o modelo da Balada Responsável”, diz presidente do Detran-GO

Programa passará por mudanças no mês de outubro com o objetivo de ampliar o alcance de sensibilização dos condutores sobre a proibição do uso do álcool por motoristas

Manoel Xavier, presidente do Detran Goiás

Manoel Xavier, presidente do Detran Goiás

O programa Balada Responsável, realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para fiscalizar o cumprimento da Lei Seca em Goiás, acaba de completar cinco anos. A ação desenvolvida em duas frentes – educativa e repressiva – por equipes de servidores do órgão que trabalham em parceria com policiais militares do Batalhão de Trânsito, passará por mudanças no mês de outubro com o objetivo de ampliar o alcance de sensibilização dos condutores sobre a proibição do uso do álcool por motoristas.

O presidente do órgão, Manoel Xavier, afirma que a iniciativa deve ir além da simples entrega de panfletos. Ele pretende contar com a parceria de representantes de segmentos religiosos para a realização de campanhas educativas que visem à mudança de comportamento.

“A questão não é multar. É dizer que estamos trabalhando na difusão da informação que álcool e bebida não combinam. As pessoas que não entendem isso nós vamos autuar no processo de repressão que é a etapa da Balada repressiva”, destaca.

Em entrevista, o dirigente lembra que pesquisas recentes mostram que um quarto das pessoas ainda dirigem utilizando a bebida alcoólica. “Ainda é um número alto, mas já já melhorou muito. As pessoas já têm essa preocupação de não misturarem bebida com direção”, disse.

Segundo Manoel Xavier, o plano do Detran é continuar atuando na área educativa, de fiscalização e também de inteligência. Ele lembra que o departamento tem identificado pontos cruciais onde ocorrem acidentes, visando mapear áreas de risco e intensificar as ações nesses locais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.