Vacinas da Pfizer e Moderna apontam eficácia de 80% ainda na primeira dose

Estudos forma realizados pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos com profissionais da saúde

Vacinas Pfizer e Moderna são eficazes ainda na primeira dose | Foto: Dado Ruvic

Levantamento do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos divulgado nesta segunda-feira, 29, mostra que vacinas da Pfizer/BioNtech e Moderna têm alto índice de eficácia no combate à Covid-19 ainda na primeira dose. Apenas com uma “agulhada” dos imunizantes, profissionais da saúde disseram ter reduzido em 80% os riscos de infecção pelo coronavírus.

Ao receber a segunda dose, o paciente fica 90% imunizado, aponta estudo. A eficácia das vacinas foram testadas em 3.950 profissionais da saúde. Nenhum deles haviam, até o teste, se contaminado. Do total, 62,8% (2.479) receberam a segunda dose, enquanto 12,1% (477) foram imunizados apenas com uma dose da vacina. 994 pessoas que participaram do estudo não receberam nenhuma dose.

As pessoas foram acompanhadas durante 13 semanas e realizaram testes por RT-PCR. Especialistas do CDC concluíram que vacinas mRNA são eficazes contra Covid-19 em situações de exposição no “mundo real”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.