Vacinas contra H1N1 acabam em seis unidades de saúde de Goiânia

Centro de Vacinação está entre os postos que tiveram que interromper campanha de imunização

Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

Ao menos seis unidades de saúde da capital registraram desabastecimento da vacina contra a influenza A (H1N1), nesta quarta-feira (25/4), no terceiro dia da imunização do segundo grupo prioritário, que abrange grávidas, mães de resguardo e crianças até 5 anos.

Entre as unidades que estão sem vacina está o Centro de Vacinação Municipal, no Setor Pedro Ludovico. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que aguarda recebimento de mais vacinas da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A pasta estadual, por sua vez, afirma que espera entrega das doses pelo Ministério da Saúde, que deve ocorrer somente na próxima semana.

Confira abaixo a íntegra do comunicado a SMS:

A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) informa que iniciou o dia com cerca de 16 mil doses distribuídas entre as 56 salas que oferecem a vacina contra a gripe. Destas, 50 unidades possuem as doses e seis apresentam desabastecimento.

A SMS aguarda o recebimento de mais vacinas da Secretaria Estadual de Saúde (SES). A orientação é que as pessoas dos grupos prioritários aguardem a chegada das novas doses e que toda a população continue seguindo as medidas preventivas para evitar a contaminação pelos vírus que causam a gripe.

SMS

Deixe um comentário