Vacinação contra a Covid-19 em pessoas com comorbidades começa em maio

Imunização de idosos de até 60 anos deve ser finalizada em abril; a partir daí, viram prioridades na fila os pacientes com Síndrome de Down, Autismo, que estejam em tratamento oncológico, entre outros

Dose de vacina para ser injetada. | Foto: Sérgio Lima/Reprodução

Em coletiva de imprensa para o anúncio da chegada das novas 187.750 doses de vacina contra a Covid-19 em Goiás, na madrugada desta sexta-feira, 16, o governador Ronaldo Caiado (DEM), diz que imunização de idosos no estado será finalizada até o fim de abril. Com o encerramento desta etapa, em maio será iniciada vacinação de pessoas com comorbidades.

O imunizante recebido na madrugada, 114,9 mil são destinados a aplicação de primeiras doses (sendo 101,4 mil da AstraZeneca e 13,4 mil da Coronavac), 72,7 mil para a segunda etapa da imunização; todas entregues pelo Instituto Butantan. As vacinas iniciaram a distribuição às regionais e municípios do estado a partir das seis horas da manhã de hoje. Sua aplicação se dará em 30% para os trabalhadores da Saúde, 5% para as forças de Segurança Pública e o restante em idosos em faixa etária segundo cronograma.

O objetivo é que com as novas 187 mil doses, os municípios consigam chegar, em média, à faixa etária de 62 e 63 anos, para que até o fim do mês a imunização alcance pessoas acima de 60 anos. Atingida a meta, as regras da vacinação passarão por alterações.

“A partir daí se terá como prioridade todos os pacientes com maiores comorbidades ou que estejam submetidos a tratamento oncológico, hemodiálise; além de pessoas portadoras da Síndrome de Down e Autismo”, disse Caiado. Quando finalizada imunização desse universo, será retornado atendimento gradativo de acordo com a faixa etária cronológica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.