Vacina contra Covid-19 é testada em profissionais de saúde de SP

 Vacina de Oxford faz parte das 141 cadastradas na Organização Mundial de Saúde (OMS) e está entre as 13 que já se encontram na fase clínica de testes em humanos

Foto: Reprodução | Dado Ruvic/Reuters

Nesta segunda-feira, 22, a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Fundação Lemann confirmaram que foi iniciada a testagem em São Paulo da vacina ChAdOx1 nCoV-19. Os testes são liderados globalmente pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

A vacina é uma das 141 cadastradas na Organização Mundial de Saúde (OMS) e está entre as 13 que se encontram na fase clínica de testes em humanos.

De acordo com a Universidade de Oxford, pelo menos 5 mil profissionais da saúde participarão das testagens no Rio de Janeiro e em São Paulo.

A Fundação Lemann, que é uma das financiadoras do projeto, ressaltou que ainda há um longo caminho a ser percorrido na pesquisa.

“Há um caminho importante a ser percorrido agora pelos especialistas antes de podermos celebrar bons resultados. O que virá depois, ainda não sabemos. Enquanto isso, o foco da Fundação Lemann está em acompanhar a iniciativa. Há muitas pessoas e organizações trabalhando colaborativamente para o sucesso e, junto delas, esperamos dar nossa contribuição para que a pandemia seja superada, com foco e atenção ao Brasil e sua gente, nosso maior compromisso”, disse fundação em nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.