USP perde posições no ranking internacional de universidades

No entanto, outras universidades brasileiras como a UFG entraram pela primeira vez no ranking elaborado pela Quacquarelli Symonds

Foto: USP Imagens.

A Universidade de São Paulo (USP), caiu seis posições no ranking internacional elaborado pela instituição de análise do ensino superior, Quacquarelli Symonds, indo da 115° para a 121° posição. Isso se deve à proporção entre professores e alunos da universidade. O levantamento também revela que outras cinco instituições brasileiras entraram no ranking pela primeira vez. São elas: Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Outras oito instituições brasileiras estão incluídas no ranking, uma vez que apresentaram melhora em critérios como reputação entre empregadores e número de professores e alunos, por exemplo. Com 27 universidades na avaliação, o Brasil se tornou o país com mais instituições no ranking.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.