Unidade do INSS em Goiânia passa por inspeção após reivindicação dos peritos

Varredura foi realizada após a Associação Nacional dos Peritos não aprovar a retomada dos trabalhos presenciais sob justificativa de falta de condições sanitárias contra a Covid-19

Foto: Reprodução

Foi realizada, na manhã desta segunda-feira, 21, uma vistoria no prédio onde funciona uma agência do INSS, em Goiânia. A varredura no local foi realizada após a Associação Nacional dos Peritos (ANMP) não aprovar a retomada dos trabalhos presenciais, sob justificativa de falta de condições sanitárias contra a Covid-19.

A visita contaria com o acompanhamento de um representante ligado ao setor de engenharia, do gerente executivo de Goiânia, um representante dos peritos, dentre outros técnicos e auxiliares. No entanto, conforme apurado pela reportagem, o representante dos peritos não compareceu à inspeção.

Desta vez, a varredura foi realizada na unidade Goiânia/Centro, localizada na Av. Goiás. A unidade do Setor Universitário já teria sido vistoriada. Estão previstas outras vistorias no decorrer da semana, porém, nas unidades de Rio Verde, Quirinópolis e Anicuns.

O Jornal Opção mostrou recentemente que o impasse entre os setores prejudica cerca de 1 milhão de brasileiros que aguardam uma perícia para receber seu benefício.

Cerca de 600 mil pessoas não conseguiram a antecipação do auxílio-doença porque são contribuintes há pouco tempo (e precisariam de perícia) ou por problemas no atestado. Outros 500 mil requerimentos do BPC por deficiência dependem de atendimento presencial, apenas um terço desse contingente conseguiu acessar os recursos antecipadamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.