União Europeia afirma que não vai acatar mudanças no Brexit propostas por novo primeiro-ministro

Conservador, Boris Johnson venceu a disputa defendendo saída forçada do bloco caso não haja acordo na data estabelecida

Foto: reprodução

A União Europeia (UE) parabenizou nesta terça-feira, 23, o próximo primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, mas reiterou que não vai acatar as promessas eleitorais do líder conservador de renegociar o Brexit.

Segundo o porta-voz da Comissão Europeira, Michel Barnier, o grupo está disposto a trabalhar com o novo primeiro-ministro, mas estabelece limites. “Estamos ansiosos para trabalhar construtivamente com o primeiro-ministro Johnson quando ele tomar posse para facilitar a ratificação do acordo de retirada e alcançar um Brexit organizado”, afirmou Michel Barnier.

Johnson foi uma das figuras que lutou pela aprovação do Brexit em 2016. Durante a campanha para primeiro-ministro chegou a afirmar que, caso o Reino Unido não consiga chegar a um acordo com o bloco até 31 de outubro, deixará a União Europeia sem acordos.

O novo líder deve enfrentar dificuldades. A ex-primeira-ministra Thereza May renunciou o cargo após consecutivas derrotas no parlamento em tentativas de negociar a saída do país do bloco. O limite inicial para o divórcio entre o país e a UE era março, mas foi adiado duas vezes por não haver acordo definido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.