UFG Fashion Business debate mercado da moda em Goiás em evento online

UFG Fashion Business procura discutir empreendedorismo, inovação e o mercado da moda 

UFG Fashion Business será realizado de maneira totalmente online este ano. | Fotos: Marina Lima e Júlia Serenini.

Será realizada nos dias 10 e 11 de junho, a 2° edição do UFG Fashion Business, um evento que visa unir conhecimento, inovação, empreendedorismo e mercado. Em 2021, tudo será feito de maneira online, devido à pandemia de covid-19. O projeto é fruto de uma parceria firmada entre a Universidade Federal de Goiás, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás), o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e o Governo Federal. 

O intuito do projeto é o desenvolvimento de trabalhos capazes de fazer com que os alunos do curso possam ter um maior contato com o mercado profissional, com o estímulo ao empreendedorismo e inovação. “Queremos estimular os alunos a questionarem o entorno, pensando em soluções diferentes para os problemas que já existem. Eles investigam o mercado da moda e enxergam onde poderiam entregar novos serviços, de uma maneira mais eficiente e até mesmo mais ecológica, por exemplo.”, ressalta Lorena Abdala, professora do curso de Design de Moda da UFG e coordenadora do evento.

Lorena explica ainda que como todo projeto de extensão, o UFG Fashion Business atende tanto a comunidade interna quanto a externa da universidade em questão. “Essa é uma maneira que nós temos de dialogar com as pessoas, com os empresários, com as pessoas que estão começando a abrir um negócio de moda.”, ressalta. A coordenadora explica ainda que serão realizados agendamentos no site do evento, para que sejam dadas assessorias aos interessados no tema. 

Outro ponto importante a ser trabalhado no UFG Fashion Business é a quebra de padrões, como os que dizem respeito à produção de moda voltada a corpos padrões. “A disrupção que estamos propondo tem a ver com trabalhar com mercados que ainda não foram amparados. E como a moda sempre trabalhou com um perfil de corpo padrão, todo mundo ficou de fora. O disruptivo é tentar olhar para quem ainda não está amparado no mercado.”

Marina Lima Borges, estudante de Design de Moda na UFG, afirma que é gratificante poder participar desse evento, uma vez que toda a equipe envolvida nele passou um ano inteiro trabalhando no planejamento do mesmo. “Nós queremos mostrar que dentro do ambiente acadêmico existem ideias que estão fervilhando o tempo inteiro e que podem ser ideias de sucesso no futuro.”, afirma.

Júlia Ferreira Serenini, que também é estudante de Design de Moda na UFG, conta que o evento é importante para que os alunos possam experimentar um pouco da prática de sua profissão. Segundo ela, o UFG Fashion Business é valioso para que as pessoas entendam as possibilidades que a moda oferece. “Precisamos tirar aquele estereótipo de que design de moda é só pra quem quer ser costureiro e estilista. A moda tem várias oportunidades, vários tipos de profissões que ainda são desconhecidas e esse projeto veio para passar esse conhecimento para frente.”, evidencia Júlia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.