Federal goiana emitiu nota no fim da tarde desta quarta-feira (7)

A Universidade Federal de Goiás (UFG) emitiu comunicado oficial sobre o incêndio que atingiu o laboratório de análise de alimentos do curso de Engenharia de Alimentos, localizado na Escola de Agronomia (EA), na manhã desta quarta-feira (7/2).

[relacionadas artigos=”116581,116370″]

Na nota, a universidade anuncia as providências tomadas pela instituição após o acidente, como a interdição do laboratório, a abertura de investigação para apurar os fatos e a criação de um curso para treinar servidores sobre normas e procedimentos de segurança no ambiente de trabalho.

O acidente ocorre em meio a discussão sobre o corte do adicional de insalubridade aos servidores o Instituto de Ciências Biológicas (ICB). Os técnicos alegam trabalhar expostos a reagentes químicos e biológicos na unidade e, por isso, condenam a redução do acréscimo salarial de 20% para 10%, conforme portaria assinada no final de 2017 pela gestão anterior.

Confira abaixo a íntegra da nota da UFG:

Sobre o princípio de incêndio no Laboratório de Análise de Alimentos, do Setor de Engenharia de Alimentos da Escola de Agronomia (EA/UFG), a direção da EA tomou as seguintes providências:

1) A interdição do laboratório;

2) Orientou os dois professores expostos à fumaça durante as ações de eliminação do foco de incêndio a consultarem o serviço de saúde e passou a fazer contatos frequentes para se informar sobre as condições físicas dos professores;

3) A diretoria providenciou o bloqueio de abastecimento de gás do prédio e a verificação da parte elétrica do laboratório pelo Centro de Gestão do Espaço Físico (Cegef) que não constatou problema algum na rede. O laboratório permanece desenergizado e somente as lâmpadas estão em funcionamento;

4) Conforme orientação do Sistema Integrado de Saúde ao Servidor (Siass), verificou–se que não houve avaria nas embalagens dos reagentes químicos do laboratório, bem como foi providenciada a transferência de todos os reagentes para o almoxarifado;

5) A diretoria reuniu-se com o Siass para estabelecer ações para apurar os fatos, restaurar o laboratório e medidas para prevenir incêndios e outros tipos de acidentes que podem ocorrer nos laboratórios da EA/UFG;

6) Foi proposta a criação de um curso para treinar docentes, técnicos laboratoriais e alunos sobre normas e procedimentos de segurança no ambiente de trabalho;

7) Extintores foram recolocados em todo o Setor de Engenharia de Alimentos.