UEG tem cinco cursos bem avaliados no Enade e busca a excelência

A instituição, que passa por reestruturação administrativa, teve 13 cursos avaliados

Dos 12 cursos avaliados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), a Universidade Estadual de Goiás (UEG) teve cinco avaliados com a nota 4 (a escala vai de 1 a 5). O resultado foi divulgado pelo Inep nesta quarta-feira, 21.

Os cursos melhor avaliados foram: enfermagem (Ceres), farmácia (Anápolis), fisioterapia (Goiânia), arquitetura e urbanismo (Anápolis) e engenharia civil (Anápolis). O Ministério da Educação (MEC) considera as notas 4 e 5 como excelentes.

Outros três cursos da instituição receberam nota 3, considerada boa. Foram os cursos: agronomia (Ipameri e Palmeiras de Goiás), farmácia (Itumbiara) e estética e cosmética (Goiânia). Já engenharia florestal (Ipameri) e agronomia (Edeia) se mantiveram com notas 2. Nenhum curso obteve a pior avaliação, 1.

“Esses números mostram a consolidação dos cursos da instituição. O que a gente vê é que uma quantidade significativa dos cursos avaliados neste ciclo teve nota 4, o que já pode ser considerado como de excelência”, avaliou a pró-reitora de graduação da UEG, Suely Cavalcante.

Importante destacar que a instituição passou por diversas mudanças no ano de 2019. Teve de passar por uma recuperação estrutural ainda em processo. Em janeiro deste ano, o governador Ronaldo Caiado e o reitor interino à época, Rafael Gonçalves Santana Borges, haviam anunciado uma reforma administrativa que reduziu de 41 para oito campus, demitiu 1.200 servidores comissionados e o Conselho de Gestão passou de 72 membros para 42, relembre aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.