UEG divulga cronograma de quase 1.500 exonerações de servidores irregulares

Universidade afirma que atividades não serão afetadas e prevê divulgação de edital para docentes, além de convocação de reserva de técnicos

Campus Henrique Santillo, UEG em Anápolis | Foto: Reprodução

Atendendo à determinação judicial, a Universidade Estadual de Goiás (UEG) divulgou nesta segunda-feira, 11, as datas oficiais de desligamento de funcionários irregulares da Instituição. A ação irá exonerar total de 1.469 servidores, sendo 705 docentes e 764 técnicos administrativos. Conforme divulgado, os desligamentos irão ocorrer em duas datas: 30 de novembro e 15 de dezembro.

A medida faz parte de um acórdão firmado em março deste ano, atendendo à ação civil pública proposta em 2012. Segundo o reitor da UEG, Rafael Borges, um edital de processo simplificado será lançado já no próximo mês para repor o quadro de professores. Quanto aos técnicos-administrativos, a reserva técnica do último concurso de servidores efetivos será utilizada.

No dia 30 haverá o desligamento dos servidores da limpeza e técnico-administrativos. Segundo a nota da universidade, o serviço de limpeza não será prejudicado, haja vista a contratação de empresa terceirizada. “Para o treinamento dos novos servidores e para a continuidade dos serviços vitais para a UEG, cerca de 50 servidores técnico-administrativos permanecerão trabalhando por ora”, detalha a instituição.

Em 15 de dezembro serão exonerados os docentes com contratos irregulares.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Karla Farias

TEM MAIS DE 700 APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO AGUARDANDO NOMEAÇÃO DESDE 2015… A UEG PRECISA DE NÓS! #chegadetemporários? #chegadecomissionados #chegadecorrupção #NOMEIACRUEG @uegnomeia