Ucrânia concorda com negociações russas sem pré-condições

A negociação será a primeira conversa desde a invasão da Rússia na Ucrânia. A previsão é que ocorra neste domingo, 27

A delegação diplomática ucraniana concordou em se encontrar com representantes da Rússia na região do Rio Pripyat, fronteira entre a Ucrânia e a Belarsússia. A conversa foi acordada sem condições prévias, segundo informações presidenciais da Ucrânia.

“Concordamos que a delegação ucraniana se reuniria com a delegação russa sem pré-condições na fronteira ucraniana-bielorrussa, perto do Rio Pripyat”, disse o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. Esse será o primeiro encontro desde a invasão da Rússia. A negociação fio combinada após um telefonema entre Zalenskiy e o e o presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko.

O porta-voz do Kremlin, na Rússia, Dmitri Peskov, afirmou sem dar muitos detalhes, que o encontro poderá ter lugar na região da Belarus de Gomel, fronteira com o rio Pripyat. Kiev, capital da Ucrânia, não adiantou informações sobre as negociações. Moscou afirmou que o encontro poderá ser feito neste domingo, 27. O Kremlin indicou que no início desta manhã, uma delegação foi enviada para Gomel.

Por segurança, Lukashenko, garantiu ao presidente ucraniano, Zelensky, que “os aviões, helicópteros e mísseis destacados no território da Bielorrússia permanecerão no solo durante a chegada, as negociações e a partida da delegação ucraniana”. Já o presidente ucraniano, Zelensky, afirmou que se recusa a negociar o fim dos conflitos na Bielorrússia e exige um país neutro para o encontro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.