Uber cobra corridas antes da chegada de motoristas, reclamam usuários

Empresa explica “mal-entendido” e diz que valores cobrados podem ser estornados em caso de cancelamento da viagem. Entenda

Print mostra valor da viagem sendo cobrado de forma antecipada por aplicativo | Arquivo

Print mostra valor da viagem sendo cobrado de forma antecipada por aplicativo | Arquivo

O Jornal Opção recebeu no mês de dezembro reclamações de usuários do aplicativo Uber de que a empresa estaria cobrando os valores de corridas, antes mesmo da chegada do motorista. O problema começou a ser relatado por passageiros desde a última atualização da plataforma, que passou a estabelecer um preço fixo no momento em que o usuário aciona o serviço.

Segundo a Uber, apesar de causar “estranheza”, não há motivos para preocupação. A empresa explica que a “cobrança”, igual à tarifa calculada para determinada viagem, representa uma “pré-autorização do cartão”, uma espécie de bloqueio de crédito, que não é “permanente” e pode ser, inclusive, estornada em caso de cancelamento.

A Uber afirma, ainda, que, neste caso, a devolução do dinheiro é executada pela empresa instantaneamente, mas ressalva que algumas entidades bancárias demoram para processar a transação, demorando alguns dias.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.