Twitter e Youtube do Comando Central dos EUA é hackeado por simpatizantes do Estado Islâmico

Mensagens foram divulgadas na página. Uma delas dizia: “Soldados americanos, estamos a caminho.”

twitter-comando-central

Foto: Reprodução/ Twitter

A conta na rede social Twitter do Comando Central dos Estados Unidos (Centcom) foi suspensa nesta segunda-feira (12/1) após ter sido hackeada por simpatizantes do grupo Estado Islâmico. As informações foram confirmadas à rede de TV CNN.

Antes da conta ser suspensa, a imagem de perfil foi trocado por uma com uma mensagem “I love you ISIS” (Eu te amo ISIS, em português). A sigla é usada nos Estados Unidos para referir-se ao grupo Estado Islâmico.

A conta do Centcom no site de vídeos Youtube também foi invadida, e vídeos de guerra dos militantes foram postados. A página já foi encerrada, e uma mensagem dizendo que foi devido a “violações repetidas ou graves das Diretrizes da comunidade” pode ser vista.

Na página, foi postada a seguinte mensagem: “Em nome de Alá, o Mais Gracioso, o Mais Misericordioso, o Cibercalifado sob patrocínio do ISIS continua sua Ciberjihad. (…) Com a permissão de Alá estamos agora no Centcom.” Em outra parte da mensagem: “Soldados americanos, estamos a caminho.”

A invasão ocorreu enquanto o presidente Barack Obama, se prepara para divulgar novas propostas para proteger os sistemas de Internet do país.

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.