New York Times observou que vídeo foi alterado para parecer transmissão da CNN

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump | Foto: reprodução)

O Twitter adicionou, na noite desta quinta-feira, 18, um selo de “mídia manipulada” em publicação feita pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O post traz um vídeo cuja mensagem inicial diz: “criança foge de bebê racista”.

O New York Times observou que o vídeo foi alterado para parecer uma transmissão da CNN. A mensagem também diz: “Bebê racista provavelmente é um eleitor de Trump”.

Apesar de Trump ter explicado que a fonte do vídeo é de um criador de memes chamado “CarpeDonktum”, o Twitter adicionou o selo, pois as políticas da rede social proíbem o compartilhamento de vídeos, fotos ou áudio que “foram alterados ou fabricados” para enganar os espectadores e que têm o potencial para causar danos.