Tucanos negociam presidência da Câmara com Temer, diz jornal

PSDB tenta articular o nome de Antônio Imbassahy (BA) para suceder Eduardo Cunha, afastado por decisão do STF

Entre o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e o deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB-BA), o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi visto pela última vez no plenário do Senado em 25 de abril | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), presidente do PSDB nacional, o senador Aécio Neves, e o deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB-BA) | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Yago Sales

A direção nacional do PSDB busca acordar com o vice-presidente Michel Temer (PMDB) a eleição do deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB-BA) para a presidência da Câmara Federal. A informação é do jornal Estado de S. Paulo.

A conversa foi antecipada depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na última quinta-feira (5/5), que afastou por tempo indeterminado o então presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de seu mandato de deputado federal.

Os tucanos querem evitar que Cunha, mesmo afastado, eleja um de seus aliados. Eduardo Cunha quer para sua sucessão Rogério Rosso (PSD-DF) ou Jovair Arantes (PTB-GO).

Deixe um comentário