Tucano Anselmo Pereira se reúne com Iris Rezende no escritório político do ex-governador

O vereador disse ter ido ao local apenas para convidar o ex-governador à cerimônia de possa da mesa diretora. Iris Rezende não quis comentar fatos políticos, dizendo que por enquanto não deseja conceder entrevista

anselmoO novo presidente da Câmara Municipal ainda não empossado, Anselmo Pereira (PSDB), se reuniu no final da manhã desta segunda-feira (29/12) com o peemedebista Iris Rezende. O encontrou foi no escritório do ex-governador, que disputou as eleições deste ano contra o governador reeleito Marconi Perillo (PSDB).

Anselmo disse ao Jornal Opção Online que a reunião foi apenas para convidar o político a comparecer na posse da nova mesa diretora da Câmara Municipal. “Vim convidar o governador Iris para a cerimônia. Ele é um político histórico e importante”, explicou, dizendo ainda que se tratou mais de uma visita de cortesia. “Falamos de fazenda, pão-de-queijo…”, brincou.

O presidente foi ao escritório do peemedebista depois de comparecer a uma reunião com a nova mesa diretora da Câmara Municipal e o prefeito Paulo Garcia (PT), no Paço Municipal. Anselmo ressaltou um pedido que fez ao prefeito: que indique interlocutor da prefeitura que seja próximo de todos, para facilitar as conversações. “O vereador Carlos Soares [PT] é um ótimo líder de governo, e ajuda nas conversações. Pedimos também ao Paulo um interlocutor da prefeitura que facilite, como Olavo Noleto [chefe de gabinete]”, disse Anselmo.

A eleição da mesa diretora, que elegeu um tucano na presidência da Casa, gerou grande reboliço no meio político ao acenar para enfraquecimento ainda maior do prefeito Paulo Garcia (PT). Além de Anselmo, tem-se ainda na mesa o petista Tayrone di Martino, que rompeu com o prefeito antes das eleições deste ano — causando, inclusive, sua renúncia ao cargo de vice-governador na chapa de Antônio Gomide (PT) –; Zander Fábio (PSL), do bloco moderado; o tucano Geovani Antonio e Pedro Azulão Jr. (PSB), também de oposição. Restou apenas Mizair Lemes (PMDB) e Rogério Cruz (PRB) da base.

De acordo com Anselmo, o prefeito não se mostrou desconfortável em momento algum da reunião com opositores da Casa. “Ele está tranquilo. Queremos apenas estabelecer uma boa relação”, pontuou.

Questionado se o prefeito comentou sobre o projeto do IPTU/ITU, rejeitado no último dia 19, Anselmo negou. “As únicas questões discutidas foi relativo à proximidade entre o prefeito e a mesa, a reforma administrativa e a data-base.”

Conforme o tucano, entretanto, após a votação ele conversou com Paulo Garcia. “Não falamos nada demais. Bom, demos os 25%, eles não quiseram. Fazer o quê? Não vou culpar ninguém”, disse, se referindo às articulações antes da votação, quando a oposição e o bloco moderado disseram que aprovariam o aumento de 25%, caso fosse retirado do projeto a alteração do imposto para 2016. 

“Estou, como se diz, esperando a poeira abaixar”

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O ex-governador Iris Rezende, derrotado nas eleições deste ano, disse que tentaria comparecer à posse, mas que está com alguns compromissos já marcados. Questionado pelo Jornal Opção Online se teriam discutido alguma questão referente à Câmara Municipal, o peemedebista negou. “Ele [Anselmo] só veio mesmo trazer um convite. Depois ficamos conversando”, afirmou.

Sobre futuras articulações, Iris não quis comentar. “Por enquanto, não quero dar entrevista, falar nada. Estou, como se diz, esperando a poeira abaixar, resolvendo pendências de campanha, entre outros assuntos”, pontou.

Questionado se estaria chateado com algum ex-aliado, que apoiou este ano a chapa do governador eleito, Iris respondeu rindo. “Não, não. Mas não quero falar sobre isso agora. Prefiro falar tudo quando resolver conceder entrevista”, disse o peemedebista, ao lado da filha Ana Paula.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Mario Borges

Ronaldo Caiado foi inteligente, deu apoio ao Sr. Iris para o Governo, tirando-o da possibilidade de concorrer ao Senado Federal, poderia ganhar com facilidade de Ronaldo Caiado, a vontade de vingança sobre Marconi prevaleceu.