TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir fake news

Tribunal tenta um pacto entre os dois candidatos para evitar disseminação de notícias falsas

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, remarcou para esta quarta-feira (17) reunião com os coordenadores das campanhas dos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

No encontro, previsto para às 19h30, em Brasília, estarão na pauta notícias falsas veiculadas especialmente nas mídias sociais.

As notícias falsas (fake news, em inglês) entraram na agenda do TSE desde o início da preparação do processo eleitoral.

O tribunal chamou os partidos a assinarem um acordo contra as notícias falsas, reforçou a equipe que monitora essa prática e agora tenta um pacto entre os dois candidatos para evitar a disseminação de fake news.

Para os ministros do TSE, as notícias falsas podem afetar a credibilidade do pleito.

Haddad chegou a propor um acordo com o adversário para evitar as fake news, mas Bolsonaro recusou, via mídias sociais. Decisões do TSE têm tirado notícias falsas da internet.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.