TSE encaminha mais de mil denúncias sobre disparo em massa no WhatsApp

Esses são primeiros resultados da parceria entre TSE e empresa que gerencia aplicativo de mensagens para combater fake news

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou nesta terça-feira, 28, que recebeu 1.037 denúncias de disparos em massa de mensagens no WhatsApp.

Essas contas são suspeitas de disseminar conteúdos falsos durante as eleições municipais. As denúncias foram recebidas entre 27 de setembro e 26 de outubro, conforme informações do TSE.

Após checagem, 17 foram descartadas por não estarem relacionadas com as eleições. As outras 1.020 contas foram denunciadas na plataforma, que realizou o banimento de 256 contas. 

Os números fazem parte dos primeiros resultados da parceria entre o TSE e a empresa que gerencia o WhatsApp para combater fake news durante a campanha eleitoral. 

No início da campanha, o tribunal lançou uma plataforma de denúncias. Para informar sobre mensagens suspeitas, basta preencher um formulário, que está disponível no site do TSE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.