Pai, mãe e filho foram vítimas da doença que já matou 74 pessoas na capital

No intervalo de cinco dias a Covid-19 matou três pessoas da mesma família. O primeiro a falecer foi o filho de 42 anos que não tinha nenhuma outra doença. Sua morte foi no dia 28 de maio. Um dia depois sua mãe, de 68 anos, foi a vítima. Ela era cardiopata e diabética. No dia 1º de junho o pai, de 74 anos também não resistiu a doença e morreu. Ele era diabético e tinha doença renal.

A informação foi dada pela Prefeitura de Goiânia, e demonstra como a doença tem avançado na capital. Nesta quarta-feira, 3, a cidade soma 74 óbitos e 2.234 casos confirmados da doença.

Segundo o último boletim, 74% das mortes provocadas pela Covid-19 tiveram como vítimas pessoas com mais de 60 anos. Infectados que tinha entre 40 e 59 anos representam 16 do número de mortos na capital.