Trecho da BR-153 entre Anápolis e Aliança do Tocantins pode ser alterado para Rodovia Iris Rezende Machado

Projeto foi apresentado pela deputada Flávia Morais (PDT) e se soma à mais uma tentativa de homenagear o ex-governador goiano

Líder da Bancada Goiana no Congresso Nacional, a deputada federal Flávia Morais (PDT) também quer homenagear o ex-governador Iris Rezende Machado (MDB). Para isso, a parlamentar apresentou projeto de lei na Câmara dos Deputados que altera o nome da rodovia BR-153, entre Anápolis e Aliança do Tocantins, para rodovia Iris Rezende Machado.  O trecho é composto por 621 quilômetros de extensão.

Segundo a parlamentar, a renomeação vai homenagear “um dos maiores políticos que o Goiás já teve” e que faleceu no último ano após complicações causadas por um Acidente Vascular Cerebral (AVC), sofrido pelo político em agosto de 2021. Para ela, o legado de Iris precisa ser enaltecido não só em Goiás, mas também no Tocantins, que também foi governado pelo político goiano, uma vez que a região norte de Goiás foi desmembrada somente com a Constituição de 1988.  “Iris é referência na política, teve mais de 60 anos de vida pública”, diz.

A pedetista, inclusive, faz questão de lembrar a trajetória de Iris no Estado. Foi vereador, deputado estadual, senador, Ministro da Agricultura e da Justiça, prefeito de Goiânia quatro vezes e governador de Goiás duas vezes, em 1991-1995 e 1983-1987 – quando Tocantins ainda pertencia à porção Norte de Goiás. “Em razão dos trabalhos prestados por Iris Rezende Machado aos cidadãos brasileiros, em especial, aos goianos, entendemos justa e oportuna a homenagem, dando o seu nome ao trecho da BR-153″, justifica a parlamentar.  

Desde a morte de Iris, no dia 09 de novembro de 2021, há uma série de propostas para homenageá-lo, inclusive no legislativo goianiense e na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). No Congresso, também tramita um projeto para alteração do nome do Aeroporto Santa Genoveva. Além das discussões em âmbito federal, no recorte regional há projetos de lei como o que acrescenta o nome de Iris ao Palácio das Esmeraldas; o de alteração do trecho da Rodovia GO-020, entre Goiânia e Cristianópolis, ambos em tramitação na Alego; além dos projetos de incremento do nome de Iris ao Parque Mutirama, já aprovado na Câmara Municipal de Goiânia; e do acréscimo do nome dele à Avenida Anhanguera. Também houve proposta de alteração do nome da Avenida Castelo Branco, mas ela foi rejeitada tanto pelo Paço Municipal quanto pelo legislativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.