Travesti é morto por sargento da PM

Gutemberg Ferreira de Castro foi alvejado por Elson de Sousa Dias, no Bairro São Francisco. Morte foi precedida de confusão entre colegas do jovem e o militar

Um travesti foi morto no final da noite de domingo (10/5) no Setor Ipiranga, em Goiânia. Gutemberg Ferreira de Castro, de 21 anos, foi atingido com um tiro pelo sargento da Polícia Militar Elson de Sousa Dias, do 36º Batalhão da PM.

As primeiras informações dão conta que a morte foi precedida de confusão. O policial estava de folga e passava pelo local dirigindo o próprio veículo quando teria sido atacado a pedradas por travestis.

Após o incidente, o militar desceu do carro para tirar satisfações. Um dos envolvidos era Gutemberg, que jogou um bloco de cimento no parabrisa do carro e tentou atacar o sargento.

Após o crime, Elson se afastou do local para evitar confusão maior. Depois, apresentou-se espontaneamente ao policial que atendeu a ocorrência. A PM afirmou que o policial possui “ficha exemplar” e não tem desvio de conduta nos 25 anos que está na corporação.

A Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) investiga o caso, que será acompanhado pela Corregedoria da PM.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sandra

Pelo jeito vai ser mais um crime de homofobia que ficará impune.