Transporte coletivo será paralisado a partir desta terça-feira, 24

De acordo com dirigentes, diante da pandemia, essa é a melhor forma de proteger os servidores, bem como todos os usuários do sistema. “Embora ação represente um grande prejuízo financeiro para as empresas, o que deve ser preservado é a vida das pessoas”, diz comunicado 

Foto: Reprodução/RMTC

A Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC) e o Sindicato dos Empregados do Transporte Coletivo (Sinditransporte) se reuniram, em caráter de urgência, no último domingo, 22, para decidirem a respeito do funcionamento do transporte coletivo na capital e região metropolitana. A decisão, tomada em consenso, foi pela paralisação do serviço que deve começar já na próxima terça-feira, 24.

De acordo com os dirigentes, diante da pandemia, essa é a melhor forma de proteger os servidores, bem como todos os usuários do sistema. De acordo com nota enviada à imprensa, a exceção será o atendimento às instituições de saúde, para garantir o ir e vir de seus trabalhadores e o perfeito funcionamento dos hospitais. Para isso os motoristas devem estar devidamente protegidos.

Ao pedir compreensão e apoio em relação a medida adotada, os representantes finalizam: “embora ação represente um grande prejuízo financeiro para as empresas, o que deve ser preservado é a vida das pessoas”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.