Tradicional campanha Papai Noel dos Correios começa nesta terça-feira (6)

A campanha traz possibilidade de realizar o sonho de uma criança adotando cartinhas pela internet

Foto: reprodução

Nesta terça-feira (6/11) a campanha Papai Noel dos Correios, que completa sua 30ª edição, será lançada oficialmente em Brasília. Neste ano, assim como na última edição, a campanha traz a possibilidade de adoção de cartinhas pela internet em algumas cidades. Além de Goiânia, Belém, Cuiabá, Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo (capital), quem quiser adotar online poderá acessar o blog da campanha e apadrinhar o pedido de uma criança.

A campanha que, somente nos últimos três anos, recebeu mais de 2,6 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios, estimula as crianças a escreverem cartas e dissemina valores natalinos, como a solidariedade.

Além das cartas das crianças da sociedade que escrevem diretamente ao Papai Noel, participam da campanha estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

Como funciona

A adoção pelos padrinhos é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa.

Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha.

Os presentes são recebidos nos pontos de entrega divulgados pelos Correios para que, posteriormente, os Correios realizem a distribuição. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é divulgado ou informado ao padrinho. As datas, locais e horários da campanha podem variar em cada Estado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.