Trabalhadores rurais invadem sede da Emater. Veja vídeo

Integrantes do movimento Terra Livre questionam venda de uma área pública no município goiano de Araçu

Integrantes do Movimento Popular Terra Livre ocuparam, no início da tarde desta segunda-feira (6/7), a sede da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Goiás (Emater-GO), localizada no Setor Leste Universitário, em Goiânia. De acordo com uma funcionária, os trabalhadores invadiram o local e partiram em direção à sala do presidente da Emater, Luiz Humberto de Oliveira Guimarães.

Segundo a assessoria de comunicação do movimento, os manifestantes questionam a venda de uma área pública no município goiano de Araçu para a Emater, ao invés de entregá-la para os trabalhadores rurais.

Mais cedo, os trabalhadores ocuparam a sede da Companhia Energética de Goiás (Celg), no Jardim Goiás, em protesto contra a privatização do órgão, pelo fornecimento de energia no município goiano de Araguapaz e também pela retomada do programa Luz Para Todos, do governo federal.

Está prevista também para a tarde desta segunda-feira a ocupação na sede administrativa da Caixa Federal em Goiás, localizada no centro da capital. Lá, os integrantes do movimento também irão reivindicar a retomada do Luz Para Todos, que leva energia elétrica gratuitamente aos acampamentos rurais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.