Trabalhadores da UFG, IFG e IF Goiano aprovam greve para 24 de outubro

Greve da categoria pode ser nacional; categoria luta contra a PEC 241, aprovada na última segunda-feira, e pelo cumprimento do acordo de greve do ano passado

Greve foi aprovada em assembleia desta segunda-feira (17) | Foto: Reprodução / Sint-ifesgo

Greve foi aprovada em assembleia desta segunda-feira (17) | Foto: Reprodução / Sint-ifesgo

Em assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (17/10) os trabalhadores técnico-administrativos em educação (TAEs) das três instituições federais de Goiás — Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto Federal de Goiás (IFG) e Instituto Federal Goiano (IF Goiano) — aprovaram a o indicativo de greve nacional da categoria para a próxima segunda-feira (24/10).

A proposta foi encaminhada pela Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (Fasubra) e até o próximo dia 20 todas as entidades da categoria devem se definir pela deflagração ou não do movimento paredista. A decisão pela greve ocorreu em virtude da aprovação da PEC 24, que prevê o congelamento do aumento de gastos da União em relação à inflação do ano anterior.

De acordo com os TAEs, o projeto, se aprovado, trará uma série de retrocessos não apenas aos trabalhadores, mas à toda a sociedade (confira no final da matéria). Além disso, os servidores lutam também pelo cumprimento do acordo de greve de 2015.

A primeira assembleia de greve está marcada para o dia 25, às 8h30, na Reitoria da UFG. As atividades e encaminhamentos aprovados foram: realização de uma greve de ocupação dos campus, unidades e órgãos das Instituições; promoção de atividades na Praça Universitária, bem como a incorporação de eventos e atos de outras categorias no calendário da greve; construção de atividades com o movimento estudantil, incorporação do ato em defesa de educação no calendário de mobilização; conscientização sobre a PEC 241 e incorporação do ato marcado para o dia 11/11.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.