“Todo mundo tem direito de criticar, principalmente o Lula”, diz Dilma Rousseff

Declaração foi feita após críticas do ex-presidente, que afirmou que a presidente “está no volume-morto” e que o PT perdeu a utopia

Presidenta Dilma Rousseff durante Comemoração do Dia Olímpico, no Rio de Janeiro | Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma Rousseff durante Comemoração do Dia Olímpico, no Rio de Janeiro | Roberto Stuckert Filho/PR

A presidente Dilma Rousseff (PT) rebateu, nesta terça-feira (23/6), críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Todo mundo tem o direito de criticar, principalmente o presidente Lula, que é muito criticado por vocês [jornalistas]”, disse. O comentário de Dilma foi feito em evento no Rio de Janeiro, após anunciar a nomeação da empresária Luiza Trajano para o Conselho Público Olímpico Brasileiro

O ex-presidente petista disse na última segunda-feira (22) que PT deve se transformar, passar por uma revolução. “Não sei se é defeito nosso ou do governo. O PT perdeu a utopia”, afirmou em seminário “Novos desafios da democracia”, organizado pelo Instituto Lula. No dia 18 deste mês, Lula também criticou a presidente Dilma Rousseff, tendo dito que ela “está no volume morto”.

No encontro com integrantes das pastorais de base da Igreja Católica no dia 18, o petista pontuou promessas descumpridas pela presidente. Nesse momento, o petista citou a promessa de “não mexes no direito dos trabalhadores”. “Dilma está no volume morto, o PT está abaixo do volume morto e eu estou no volume morto”, disse o presidente em conversa.

Já na reunião da última segunda-feira (22), Lula alegou que os integrantes do partido só pensam em cargos e em serem eleitos. “Nós temos que definir se queremos salvar nossa pele, nossos cargos ou nosso projeto.” (Com informações da Agência Brasil)

Uma resposta para ““Todo mundo tem direito de criticar, principalmente o Lula”, diz Dilma Rousseff”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    Fazer o quê, né presidanta: Lula te controla mas você não o controla, resta baixar a cabeça.

    Resta Lula explicar volume morto do quê. Da ética e da honestidade?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.