TJ desmente nota que circula no WhatsApp sobre suspensão de concurso

Órgão esclareceu que decisão se refere a concurso para agentes e escrivães da Polícia Civil, e não para soldado e cadete da Polícia Militar

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) soltou nota nesta sexta-feira (16/12) desmentindo informações que circulam no WhatsApp sobre suposta suspensão do concurso para soldado de 3ª Classe e Cadete da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO). De acordo com o comunicado, a informação vem circulando desde a última quinta-feira (15).

Segundo o órgão, a medida só vale para agentes e escrivães de polícia substitutos do quadro de pessoal da Polícia Civil (PC). A decisão original, da juíza Suelenita Soares Correia, foi oficializada em 10 de outubro de 2016 e pode ser conferida neste link.

A foto que circula no WhatsApp é de uma suposta matéria do site do Tribunal de Justiça com o título alterado. Confira a nota falsa:

Foto: Reprodução WhatsApp

Foto: Reprodução WhatsApp

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.