Thammy Miranda anuncia saída do PL após Bolsonaro se filiar ao partido

O vereador disse já ter sofrido ataques pessoais de membros da família do presidente

O vereador Thammy Miranda se desfiliará do PL | Foto: divulgação

Nesta terça-feira , 30, o vereador Thammy Miranda anunciou nas redes sociais a sua saída do Partido Liberal (PL), depois da filiação do presidente Jair Bolsonaro à legenda. A justificativa do parlamentar é de que seus ideais são incompatíveis com o atual mandatário.

O vereador, que foi o primeiro homem trans eleito para a Câmara Municipal de São Paulo, já sofreu ataques da família Bolsonaro. Em janeiro de 2020, o filho 02 do presidente – Carlos Bolsonaro, publicou em seu Twitter duas fotos de Thammy ao lado da esposa e filho sem nenhuma legenda ou comentário.

“Com a ida do presidente para o Partido Liberal, do qual faço parte, estou dando entrada na minha desfiliação. Eu vou sair do partido. A gente tem ideias diferentes, além de que já sofri ataques pessoais de membros da família do presidente, inclusive contra o meu filho, quando ainda era um recém-nascido”, disse o vereador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.