“Teremos entre 18 e 20 partidos na chapa majoritária”, afirma Zé Eliton

“Na verdade, o PSB nunca saiu da base aliada”, disse ao comentar repercussões sobre confirmação da senadora Lúcia Vânia e de seu partido na sustentação do governo

“Teremos entre 18 e 20 partidos na chapa majoritária”, afirmou o vice-governador Zé Eliton em entrevista na manhã desta sexta-feira (2/3) ao programa Jornal da Manhã, da Rádio Bons Ventos FM. “Na última eleição a nossa aliança foi composta por 14 legendas”, informa. “Em 2018, a permanecer este cenário, devemos ampliar”, projeta. “Nas convenções partidárias vamos observar o movimento de cada sigla”. Ele também comentou as repercussões sobre confirmação da senadora Lúcia Vânia e seu partido, o PSB, na base aliada.

“Na verdade, o PSB nunca saiu da base aliada”, disse o vice-governador ao informar que a própria senadora destacou essa assertiva “com muita tranquilidade, em uma reunião saudável que tivemos com ela”. Segundo ele, “discutimos questões programáticas e conceituais”. O programa foi conduzido pelos radialistas Alípio Nogueira e Álvaro da Universo. O jornalista Altair Tavares foi o convidado da bancada.

Na oportunidade, Lúcia Vânia ressaltou “sua visão sobre o processo de governança e, em determinado momento, colocou sua pretensão em buscar contribuir para formatação de uma chapa que seja competitiva do ponto de vista de sustentação política para criarmos um projeto vitorioso”, disse o vice-governador. Segundo ele “este é o espírito que deve conduzir todos os partidos da base aliada”.

“É claro que ela reúne todas as condições para disputar mais um mandato de senadora da república”, disse Zé Eliton ao ser indagado sobre a reeleição de Lúcia Vânia. “Ela é uma mulher qualificada e que busca na sua atuação parlamentar sempre defender os interesses de Goiás”.

Sobre sua conduta na sucessão, Eliton disse que jamais adotará “prática desrespeitosa”. Reforçou que a “população almeja o bom debate de ideias”. Mas alerta que “nenhuma agressão ficará sem resposta”. Segundo ele, “não irei cair na isca do ataque de natureza pessoal”.

Diferenças regionais

“Iremos diminuir as diferenças regionais em nosso estado”, afirmou o vice-governador Zé Eliton sobre sua visão programática. Ele assume o governo em 7 de abril com a desincompatibilização do governador Marconi Perillo. Ele exaltou a política de desenvolvimento da região nordeste de Goiás. Citou inauguração da rodovia que liga Alto Paraíso e Colinas do Sul, a implantação de unidades da Universidade Estadual de Goiás na região e a construção da rodovia que liga Divinópolis e Montes Claros de Goiás.

“As Regiões Norte e Nordeste têm um potencial gigantesco”, diz, ao celebrar a política de desenvolvimento nas regiões a partir dos governos de Marconi Perillo. “Investimos mais de R$ 600 milhões só no nordeste goiano”. Sobre o programa Goiás na Frente, afirma que “realizamos um conjunto gigantesco de obras em todas as regiões”.

Deixe um comentário