Vice-prefeito e ex-esposa de Heuler Cruvinel integram terceira via em Rio Verde

Insatisfação com a base e os partidos opositores foi o que motivou a criação de um novo grupo político no município

Vice-prefeito de Rio Verde, Demilson Lima, já não é mais aliado do prefeito Juraci | Foto: Prefeitura de Rio Verde

Vice-prefeito de Rio Verde, Demilson Lima, já não é mais aliado do prefeito Juraci Martins | Foto: Prefeitura de Rio Verde

Uma “terceira via” em Rio Verde está buscando se formatar e se firmar para as eleições de 2016. Com algumas reuniões já realizadas, o grupo tem buscado alianças entre partidos de oposição ao prefeito, mas que também não comunguem com o deputado federal Heuler Cruvinel (PSD), Paulo do Vale (PMDB), ou até mesmo o petista, ex-deputado estadual Karlos Cabral.

Os integrantes gostam de chamar o grupo de “Nova Via” e garantem que é encabeçada pelo vice-prefeito Demilson Lima, do PPS. O presidente do Pros na cidade, Renato Branquinho, que faz parte do grupo, explica que mesmo que Demilson esteja junto com Juraci Martins no Executivo municipal, os dois não são mais aliados políticos e o vice-prefeito busca se viabilizar de outras formas.

nayara

Ex-esposa do deputado federal Heuler Cruvinel, Nayara Barcelos

Inclusive, a Nova Via conta com Nayara Barcelos (PSB), ex-esposa de Cruvinel, que tentou ocupar uma cadeira na Câmara Federal nas eleições do ano passado, mas não foi bem sucedida, tendo alcançado 12.944 votos. O Jornal Opção Online não conseguiu falar com ela, tampouco com Demilson.

Além dos três, estão confirmados no grupo o
diretor executivo da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), Edwal Portilho, conhecido como Chequinho (PPS), Chico (PDT) do supermercado KGL, Hélcio Cabral (PSC) e o presidente do PSDC, Eribaldo Ferreira Macedo, conhecido como Bado. Renato, Chequinho e Demilson já colocaram o nome à disposição para disputar o cargo de prefeito pelo grupo.

Renato afirmou à reportagem que a insatisfação com a base e os partidos que integram a oposição na cidade foi o que motivou a criação de uma nova vertente política em Rio Verde. “Não concordamos com a atual administração. Já conseguimos algum apoio e vamos continuar buscando mais alianças com outros partidos e políticos”, garantiu. Conforme o presidente do Pros, um dos diferenciais do novo grupo é que “todos serão estrelas”. “Ninguém terá mais destaque que outro.”

Fala-se da pretensão de Lissauer tentar a prefeitura em Rio Verde. O deputado estadual, entretanto, faz parte do mesmo partido que Heuler Cruvinel, o provável candidato pelo PSD. Caso a reforma política seja aprovada em Brasília, uma “janela” política será aberta e possibilitará que o deputado estadual saia da legenda, filie-se a outra e concorra — inclusive, com o apoio do prefeito Juraci — contra o federal.

Se assim o for, a Nova Via terá que disputar contra dois deputados. O confronto ainda deve ter Paulo do Vale e Karlos Cabral. Otimista, Renato afirma que o poder dos políticos citados não significa nada, “Quem vai dizer se conseguiremos ou não é o povo. E acho que estão todos muito insatisfeitos”, afirmou.

Também integrante deste novo grupo, o pastor Júnior (filiado ao PTC, mas pretende migrar para o PDT) afirma que não quiseram se unir a Paulo do Vale por não ver que o político faça parte, de fato, da oposição na cidade. “A Nova Via é composta por pessoas que não querem ficar com Heuler, nem com Paulo. Ele era do mesmo grupo que o Heuler. Só mudou de partido.” Já quanto a Karlos Cabral, a justificativa é o desgaste do PT a nível nacional. “Rio Verde tem um grande número de empreendedores insatisfeitos com o governo Dilma [Rousseff, do PT].”

Foto tirada na última reunião da "Nova Via". De listrado, vice-prefeito Demilson Lima

Foto tirada na última reunião da “Nova Via”, na casa do vice-prefeito, Demilson Lima (à frente, de camisa listrada). De camisa branca, tirando a foto, o presidente do PSB jovem de Rio Verde, Garibalde Alves; de camiseta preta, Chequinho; de camisa azul, presidente do PSDC, Bado; atrás da mulher de cabelo preto, Renato Branquinho; Nayara Barcelos é a loira de camiseta preta, ao fundo da foto. Por fim, de camiseta azul, ao lado de Nayara, está o pastor Júnior

 

 

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
sebastiao leme

Quem perde com isso ?
R I O V E R D EI