Temporários da Educação podem receber pagamento retroativo ainda este mês

Proposta inicia tramitação na Câmara Municipal de Goiânia nesta semana e pode ser aprovada em definitivo até a próxima terça

O vereador Divino Rodrigues (Patriota) falou ao Jornal opção sobre sua expectativa em relação à aprovação da proposta do Paço que visa atender aos temporários que tiveram contratos suspensos durante a pandemia. “Trabalhamos muito para construir essa saída que vai garantir dignidade a esses trabalhadores da Educação”, destaca.

Segundo o parlamentar, caso o texto seja aprovado em definitivo na próxima segunda ou terça-feira, 23, os trabalhadores já receberão no final deste mês os salários de maio e de junho. “Não ficarão sem receber nenhum dia”, comemora o vereador que participou da articulação para a construção da solução para o impasse jurídico.

“Nós estivemos em diálogo constante com o prefeito Iris Rezende, com o procurador-geral e com o secretário de Finanças. Foi uma verdadeira peregrinação que terminou ontem quando conseguimos finalizar uma proposta viável”, explica Divino.

De acordo com Rodrigues, a situação de pandemia abriu caminho para que fosse possível retomar o pagamento aos servidores ainda que de forma parcial. Na prática, um professor que ganhar aproximadamente R$2.800,00 irá receber 50% desse valor em casa. Quando retornar à sala de aula volta a receber 100% e auxílio deslocamento.

“Amanha a proposta já vai para a CCJ e na quinta-feira faremos a primeira votação na sessão remota. Na segunda [dia 22] ou terça faremos uma sessão presencial para a última votação. Assim, será possível incluí-los na folha para receber maio e junho”, sinaliza o vereador que integra a base do prefeito na Casa.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.