Temer se reúne com presidentes da Câmara e do Senado para falar de crise e reformas

Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Eunício Oliveira (PMDB-CE) receberam orientações do peemedebista sobre como proceder em votações nas casas que comandam 

O presidente Michel Temer (PMDB) se reuniu, neste domingo (9/7), com os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Eunício Oliveira (PMDB-CE). Na pauta, estavam tanto a reforma trabalhista, que será votada nesta semana no Senado, quando a possibilidade de que a Câmara aceite a denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o peemedebista.

A reunião, no Palácio do Jaburu, durou cerca de meia hora e também serviu para discutir a crise política por que passa o presidente, especialmente após rumores de que Maia estaria articulando para suceder o peemedebista. Publicamente, ambos negam atritos e garantem que permanecerão aliados.

Sobre a denúncia contra Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a orientação é acelerar a votação, mesmo que para isso seja necessário adiar o recesso parlamentar na casa, já que o cronograma não permitiria que a análise do processo terminasse antes disso.

Com Eunício, o principal assunto foi mesmo a reforma trabalhista que, se antes era tratada como praticamente aprovada na Casa, já corre riscos de não passar. Temer ainda tem maioria na votação (mesmo que apertada), mas pediu que o presidente do Senado tenha “cautela” sobre o assunto.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.