Colunista Lauro Jardim, do O Globo afirma que primeiro discurso de Michel Temer como presidente efetivo deve ter no máximo cinco minutos

Caso confirmado o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), o presidente interino Michel Temer (PMDB) deve fazer seu primeiro pronunciamento à nação como efetivo já na próxima quarta-feira (31/8). A informação é do colunista Lauro Jardim, do Jornal O Globo.

Antes, especulava-se que o primeiro pronunciamento de Temer como presidente efetivo seria no feriado da Independência do Brasil, no dia 7 de setembro, mas a avaliação é de que a data seria muito distante do julgamento final que deve cassar o mandato de Dilma Rousseff.

Ainda segundo o jornal, o pronunciamento via cadeia nacional de rádio e TV deve acontecer na noite de quarta-feira (31) e durar cerca de cinco minutos. O tom deve ser mais de apresentação de propostas que ataques à gestão anterior.

Na segunda-feira (29/8), Dilma Rousseff comparecerá ao Senado Federal, onde fará um pronunciamento e depois responderá perguntas dos senadores. O depoimento da presidente encerra a fase de instrução do processo de impeachment. A partir daí, o julgamento entra na etapa final, com os debates entre a acusação e a defesa, as manifestações dos parlamentares e o voto – que será nominal e aberto. A previsão é de que a decisão final seja conhecida na terça (30) ou quarta-feira (31).