Temer decreta intervenção na Segurança Pública do Rio de Janeiro

Forças Armadas vão assumir controle das Polícias Civil e Militar no estado. Decisão ainda precisa passar pelo Congresso Nacional

O presidente Michel Temer (MDB) decidiu decretar intervenção na Segurança Pública do Rio de Janeiro. A decisão foi tomada na noite desta quinta-feira (15/2) durante reunião de emergência que contou com a presença de ministros e do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB).

O decreto deve ser publicado na manhã desta sexta-feira (16/2) mas ainda depende de aprovação do Congresso Nacional em um prazo de dez dias.

No encontro, que durou cerca de quatro horas e meia, também foi discutida a criação do Ministério da Segurança Pública. O governo já ensaia, desde o ano passado, tirar o ministério do papel. Os ministros da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, e da Defesa, Raul Jungmann, foram alguns dos presentes ao encontro.

A nova pasta também pode ser anunciada nesta sexta-feira (16/2).

 

Deixe um comentário