“Tem gente querendo fazer tempestade em copo d’água”, diz José Nelto sobre adiamento de reforma

Para o parlamentar, postergar o andamento do processo no Congresso ‘parece uma manobra contra o Brasil’

José Nelto Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado José Nelto (Podemos) rechaçou as insinuações de alguns partidos de que a reforma da Previdência não deveria ser votada no primeiro semestre, por conta de vazamentos de áudios atribuídos ao ministro da Justiça Sérgio Moro e procuradores da Operação Lava Jato. “Tem gente querendo fazer tempestade em copo d’água o que, evidentemente, não é correto”, argumentou.

“A questão do Moro é que ele explique para imprensa e a sociedade. Quem vive de crise de boatos não é a Câmara. Isso está mais bolsa de valores ou cassino”, rebate o deputado José Nelto, em resposta às declarações de alguns líderes que pretendem empurrar a votação da reforma da Previdência. “Nós dos Podemos estamos trabalhando duro para aprovação de uma reforma justa e igualitária. Os conflitos de ministros e a reforma da Previdência não podem ser misturados”, lembrou o parlamentar.

O líder do Podemos também ressaltou que alguns pontos da reforma estão em debate, o que é dever da Câmara, mas postergar o andamento do processo no Congresso parece uma manobra contra o Brasil. ”Todos têm compromissos; governadores, prefeitos, deputados e vereadores. Agora já não é mais uma questão ideológica, mas, uma necessidade urgente para tirar o país dessa estagnação econômica e que logo pode virar um desastre completo, encerrou o deputado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.