TCM-GO determina que Prefeito de Mambaí afaste gestor de Fundo de Previdência

Antônio de Melo Monteiro é suspeito de ter cometido irregularidades em pagamentos de benefícios previdenciários

Sede do TCM em Goiânia | Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCM-GO) expediu uma medida cautelar na última quarta-feira (11/4) determinando ao prefeito de Mambaí, Joaquim Barbosa Filho (PP), o afastamento do gestor do Fundo de Previdência Social do Município (FUMPREMAM), Antônio de Melo Monteiro, imediatamente do cargo.

Alé disso, também foi pedido pelo TCM-GO que o prefeito instaure processo administrativo disciplinar em desfavor do gestor, para apurar irregularidades apontadas nos pagamentos de benefícios previdenciários e as devidas responsabilidades.

De acordo com o órgão, se Antônio continuar prosseguindo no exercício de suas funções, isso pode dificultar a realização de inspeção e causar danos ao erário, realizando pagamentos irregulares.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.