TCE reprova contas de 2018 do Estado de Goiás

Placar ficou de dois favoráveis à reprovação a dois contrários. O presidente Celmar Rech teve que desempatar

Foto: Felipe Cardoso/Jornal Opção

Após apresentação do parecer do conselheiro Saulo Mesquita, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), pela reprovação das contas de 2018, a maioria dos conselheiros acompanhou o relatório.

Sebastião Tejota votou favorável à reprovação. Elder Valim e Kennedy Trindade, no entanto, se posicionaram pela aprovação com ressalvas. Dado o empate, o presidente Celmar Rech teve que votar, assinalando a reprovação. 

Kennedy, que queria que as contas fossem aprovadas, argumentou que a posição do relator, ao dizer que o Governo não se esforçou para se adequar às recomendações anteriores, é, em partes, equivocada, já que não cabe ao Governo a execução do orçamento.

Parecer ainda deve ser aprovado na Assembleia Legislativa de Goiás, que não tem prazo para pautar a análise na Casa. A data ficará a critério do presidente da Casa.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Renata Santos

O que nos importa no momento é a Exoneração de Todos os comissionados do Tce.