TCE divulga lista de gestores que tiveram contas reprovadas

Justiça Eleitoral pode declarar inelegibilidade dos gestores com contas reprovadas. Confira os nomes

Tribunal de Contas do Estado | Foto: Divulgação

O Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO) divulgou a relação de 21 responsáveis com contas julgadas irregulares entre os anos de 2012 e a 2020. Entre os nomes listados estão servidores, ex-deputados e empresários.

O presidente da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), Aristóteles de Paula; a ex-secretária estadual de Saúde, Irani Ribeiro; o ex-deputado federal Pedro Canedo; e o empresário Sérgio Camilo Câmara são alguns dos nomes conhecidos da lista.

A lista conta apenas com os nomes dos responsáveis cujas contas foram julgadas irregulares com trânsito em julgado. Ou seja, o documento pode ser atualizado com os nomes que estão sob apreciação do Tribunal.

De acordo com o TCE, a presença do nome na lista não significa que o responsável está inelegível, pois a declaração de inelegibilidade é de competência da Justiça Eleitoral. Confira a lista completa:

Aristóteles de Paula e Sousa Sobrinha

Carlos Alberto Mariano

César Augusto Sebba

Danivaldo Frutuoso Franco

Emílio Carlo de Paiva de Paula

Emilse Terezinha Naves

Fábio Silva Gomes

Francisco Romeu Carvalho

Hideraldo Jorge Santana Martins

Irani Ribeiro de Moura

Iranildo Rodrigues Valença

Isa Bernadete Braga

José Américo de Sousa

Levinda Passos

Luiz Antônio Arantes

Marcus Vinicius de Faria Felipe

Pedro Chaves Canedo

Pedro Luiz Cascalho

Roberto Moraes Jayme

Sérgio Camilo Câmara

Vantuir Alves de Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.