Taxistas são flagrados em atividade irregular no aeroporto de Goiânia e fogem de fiscalização

Aproximadamente 30 motoristas foram autuados por “fazer ponto” em local proibido. Mesmo com fuga, grande maioria dos infratores foi identificada 

Divulgação/Seplanh

Divulgação/Seplanh

Cerca de 30 taxistas da capital foram autuados na madrugada deste sábado (19/11), no Aeroporto Internacional de Goiânia Santa Genoveva, após a fiscalização da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) flagrar os motoristas fazendo ponto em local proibido.

Auditores fiscais da pasta realizavam ação no local visando coibir atividades irregulares de transporte de passageiros, quando receberam a denúncia. Além das autuações, ao menos 12 veículos foram apreendidos.

Segundo o gerente de Fiscalização de Transportes da Seplanh, João Peres, vários permissionários tentaram evadir do local no início da ação, mas a maioria não obteve sucesso.

“As tentativas de fuga durante as ações no Aeroporto são habituais nas ações que realizamos. Os permissionários transitaram inclusive sobre as ilhas do aeroporto na tentativa de fugirem, porém interditamos as duas entradas e, com o nosso serviço de inteligência, conseguimos realizar a ação”, afirma o Gerente.

Os veículos apreendidos foram encaminhados para o Depósito Público Municipal e os proprietários devem pagar, além da multa de R$ 400, a despesa com o guincho, no valor de R$ 130 reais, mais R$ 5,90 por dia de apreensão.

Os permissionários que conseguiram fugir foram notificados e pagarão, fora a multa pela atividade irregular, outra penalidade no valor R$ 600 reais por evadir do local.

Todos os permissionários notificados e multados podem apresentar recurso à Seplanh no prazo de dez dias após serem citados.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Olenka

É…o setor de multas, no Brasil é muito eficiente !!!!