Taxista é assassinado por colega após discussão por pontos rotativos em Goiânia

Autor dos disparos acabou fugindo do local do crime; Associação dos Permissionários de Táxi lamentou o acontecido e manifestou apoio às investigações policiais

Na tarde desta quinta-feira (29/9), o taxista Fernando ‘do Crer’ foi assassinado por um colega no setor Nova Vila, em Goiânia. Os dois se envolveram em uma discussão a respeito dos pontos de táxi e um acabou atirando no outro. O autor dos disparos acabou fugindo do local.

A Polícia Civil já foi acionada para apurar o caso. Em nota, a Associação dos Permissionários de Táxi (Aspertagyn) lamentou o acontecido e manifestou apoio às investigações para que o assassino seja responsabilizado e punido de acordo com a lei.

A associação apontou ainda que pediu o fim da rotatividade em Goiânia ao Ministério Público Estadual pelo “perigo envolvendo os pontos de táxi em Goiânia e ameças que circulavam entre a categoria”. A Aspertagyn disse, ainda, esperar que o episódio sirva para que o assunto seja reconsiderado o mais rápido possível.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.