Tabela de repasses mostra que Hospital Municipal de Iporá recebeu mais de R$ 1,5 milhão em 2019

Secretaria de Estado da Saúde de Goiás disponibilizou dados que atestam que todas as verbas do ano já foram destinadas à unidade hospitalar

Hospital Municipal de Iporá | Foto: Prefeitura de Iporá

O Hospital Municipal de Iporá foi interditado nesta quarta feira, 11, pelo Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego). O argumento para a ação é de que existe deficiências no serviço prestado, que não condiz com o que é previsto em lei. A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás atestou, através do relatório de repasses, que mais de R$ 1,5 milhão foi destinado à unidade hospitalar, sendo que a última parcela foi antecipada.

De acordo com o documento de interdição, a escala médica e o atendimento dos pacientes internados devem continuar até as respectivas altas. No entanto, a unidade não pode receber a internação de novos casos até segunda ordem.

A gerência do hospital é de responsabilidade de Iporá e a situação constitui falta de gerência do próprio município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.