A detenta foi conduzida por policiais militares após ser flagrada em uma festa de casamento 

Foto: Reprodução/ TV Record

Uma denúncia realizada na tarde deste sábado, 22, resultou na condução da detenta Suzane von Richthofen de volta à Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé. Ela, que havia deixado o presídio na manhã deste sábado após ser beneficiada com famosa “saidinha” de fim de ano, foi flagrada em uma festa de casamento no município de Taubaté, interior de São Paulo.

A condução ocorreu pelo fato de Suzane descumprir as regras da saída temporária. Ela teria sido encontrada em local diferente do informado às autoridades. Richthofen chegou ao presídio por volta das 17 horas onde será mantida até que a Justiça decida se irá perder o direito à liberdade temporária neste fim de ano. Suzane von Richthofen foi condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais em outubro de 2002. Em 2015, ela conquistou a progressão de regime passando a responder pelo crime no semiaberto.